Logo Estácio


Gestão da Inovação

Ementa: 1. Inovação: tipologia e difusão. 2. Gestão de tecnologia. 3. Inovação e desempenho organizacional. 4. Processo de inovação no setor industrial: fases prospecção e seleção. 5. Processo de inovação no setor industrial: fases implementação e aprendizagem. 6. Desenvolvimento X adoção de inovações. 7. Inovação em Serviços. 8. Inovação Administrativa. 9. Inovação no Setor Público. 10. Fatores de contexto.

 

Bibliografia

BUENO B., BALESTRIN A. Inovação colaborativa: uma abordagem aberta no desenvolvimento de novos produtos. RAE, São Paulo, v. 52, n. 5, set . /out . 2012, 517-530.

CAMISON C.; VILLAR-LOPES A. Organizational Innovation as an Enabler o Technological Innovation Capabilities and Firm Performance. Journal of Business Research 67 (2014) 2891–2902.

CHESBROUGH H. W. The Era of Open Innovation. MIT Sloan Management Review; Spring 2003; 44, 3

CHRISTENSEN C. M. The Innovator’s Dilemma. Boston: Harvard Business School Press, 1997.

COHEN W.M. Absorptive Capacity: a New Perspective on Learning and Innovation. Administrative Science Quarterly 35 (1990): 128-152.

Costa D.D.; Nascimento P. T. S. A Gestão do Desenvolvimento de Produtos na Indústria de Materiais de Construção. RAC, Curitiba, v. 15, n. 1, art. 1, pp. 1-24, Jan./Fev. 2011

DAMANPOUR F. Footnotes to Research on Management Innovation. Organization Studies, 2014, Vol. 35(9) 1265–1285

GALLOUJ F., DJELLAL F. The Handbook of Innovation and Services: a multi-disciplinary perspective. Cheltenham, UK: Edward Elgar, 2010.

Guimarães T. A.; Resende Junior P.C . Inovação em Serviços: o Estado da Arte e uma Proposta de Agenda de Pesquisa. XXVI Simpósio de Gestão da Inovaçao. Vitoria, ES, 2010.

GUIMARÃES T.A.; ODELIUS C.C.; MEDEIROS J.J.;, SANTANA J.A.V. Management Innovation at the Brazilian Superior Tribunal of Justice. The American Review of Public Administration, 41(3) 297–312, 2011.

HALLGREN E.W. How to Use an Innovation Audit as a Learning Tool: A Case Study of Enhancing High-Involvement Innovation. Creativity and Innovation Management, Volume 18, Number 1, 2009.

HANSEN M.Y. ; BIRKINSHAW J. The Innovation Value Chain. Harvard Business Review, june 2007.

LINDER J. C., JARVENPAA S.; DAVENPORT T. H. Toward an Innovation Sourcing Strategy. MIT Sloan Management Review; Summer 2003; 44, 4

MACHADO D.D.P.N., BARZOTTO L.C. Ambiente de inovação em instituição hospitalar. Revista de Administração e Inovação, São Paulo, v. 9, n. 1, p.51-80, jan./mar. 2012.

NASCIMENTO P. T.S; YU A. S. O.; SOBRAL M.C. As Orientações Estratégicas da Inovação em Produtos Populares. RAC, Curitiba, v. 12, n. 4, p. 907-930, Out./Dez. 2008

NELSON R. R., NELSON K. Technology, institutions, and innovation systems. Research Policy, v. 31, Iss 2, feb. 2002.

NONAKA I.; TAKEUCHI H. Criação do conhecimento na empresa: como as empresas japonesas geram a dinâmica na inovação. Rio de Janeiro: Campus, 1997.

SACCOL A.I.C.Z.; MANICA A.; Elaluf-Calderwood S. Innovation and adoption of mobile technology in public organizations: the IBGE case. RAE, São Paulo, v. 51, n. 1, jan./fev. 2011, 072-083

SANTOS C.R., BRASIL V. S. Envolvimento do Consumidor em Processos de Desenvolvimento de Produtos: um estudo qualitativo junto a empresas de bens de consumo. RAE • São Paulo • v. 50 • n. 3 • jul./set. 2010 • 300-311.

SANTOS M.S., PINHEIRO I. A. Governo — um aliado nem sempre lembrado pelas empresas na hora de desenvolver as atividades de P&D. RAP — Rio de Janeiro 45(5):1463-483, Set./out. 2011.

SCHUMPETER, J.A. The Theory of Economic Development. Cambridge: Harvard University Press, 1934.

SOUKHOROUKOVA A., SPANN M.; SKIERA B. Sourcing, filtering and evaluating new product ideas: an empirical exploration of the performance of idea markets. J Prod Innov Manag, 2012, 29(1): 100-112.

SZULANSKI, G. Exploring internal stickiness: impediments to the transfer of best practice within the firm. Strategic Management Journal (Special Issue), p. 27-44, v. 17, dec. 1996.

Thakur R.; Hsu S.H.Y.; Fontenot G. Innovation in healthcare: Issues and future trends. Journal of Business Research 65 (2012) 562–569

TIDD J.; BESSANT J.; PAVITT K. Managing Innovation. Cichester: John W illey & Sons ltd, 2005.

TIDD J.; BESSANT J. Managing Innovation: integrating technological market and organizational change. Chichester: John Willey & Sons Ltd, 4th ed., 2009

TIDD J.; HULL F. M. Service Innovation. London: Imperial College Press, 2003.

TIGRE P. B. Gestão da Inovação: a economia da tecnologia no Brasil. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 2ª ed, 2014.

VASCONCELOS F. C. Da gestão do conhecimento à gestão da ignorância. RAE, v. 41, n. 4, p. 98-102, out-dez 2001