Logo Estácio


Proficiência em Idiomas

Não se pode negar a importância do aprendizado de outros idiomas no mundo atual, principalmente do idioma inglês. O domínio de outra língua abre portas de emprego, fornece oportunidades acadêmicas e científicas para alunos e docentes da Universidade e, de uma forma geral, torna-se um diferencial no mercado altamente competitivo.

No entanto, nem sempre o “saber falar” o idioma é suficiente. É necessário provar o domínio na língua, por exemplo, para se candidatar a vagas de emprego no exterior e, em nosso contexto, conseguir uma vaga para o tão sonhado intercâmbio.

Certificados de proficiência não são requeridos apenas em instituições dos países daquele idioma. Muitas instituições europeias e asiáticas, por exemplo, que não falam o inglês, vem solicitando exames de proficiência justamente em inglês. Daí a importância do aluno saber para onde ele realmente deseja viajar (país e universidade), para se preparar da melhor forma possível.

Nesse interim, a Assessoria de Cooperação Internacional gostaria de ajudar você com algumas informações sobre exames de proficiência linguística. Informamos abaixo quais são os principais exames de proficiência para o inglês, espanhol, francês e alemão. Se você deseja um dia realizar intercâmbio em países não-lusófonos, comece a planejar a realização de um teste de proficiência com antecedência.

 

  1. INGLÊS

1.1 TOEFL (Test of English as a Foreign Language)

O teste TOEFL é um dos testes de língua inglesa mais respeitado no mundo, reconhecido por mais de 10.000 instituições de ensino superior, universidades e agências em mais de 150 países, incluindo Austrália, Canadá, Reino Unido e Estados Unidos.

O teste TOEFL iBT®, oferecido via Internet, é uma parte importante de sua preparação para estudar no exterior. Além do teste, o Programa ETS TOEFL® oferece ferramentas e guias para ajudá-lo a se preparar para o teste e aprimorar suas habilidades na língua inglesa.

Você pode refazer o teste quantas vezes desejar, mas não pode fazê-lo mais que uma vez em um período de 12 dias. Se tiver um teste já marcado, você não poderá se inscrever para outra data do teste que recaia em 12 dias de seu compromisso existente. A taxa de inscrição será cobrada toda vez que você se inscrever para uma data do teste.

Para mais informações sobre o teste, inscrições, datas e centros de aplicação, e dicas para preparação, acesse: https://www.ets.org/pt/toefl/

 

 

1.2. IELTS (International English Language Testing System)

O Sistema Internacional de Teste da Língua Inglesa (IELTS) usa uma escala de nove bandas para identificar claramente os níveis de proficiência, de não-usuário (band score 1) até especialista (band score 9).

O IELTS está disponível em duas versões de teste: “Academic” - para pessoas que se inscrevem para o ensino superior ou registro profissional, e “General Training”, para aqueles que migram para a Austrália, Canadá e Reino Unido, ou se candidatam ao ensino médio, programas de treinamento e work-experience em um contexto de falantes do idioma inglês. Ambas as versões fornecem uma avaliação válida e precisa das quatro habilidades linguísticas: ouvir, ler, escrever e falar.

Segundo o Guia do Estudante (2018), as provas costumam ser produzidas por instituições sem fins lucrativos e aplicadas em centros autorizados em cada país. As inscrições e datas devem ser obtidas diretamente nesses centros, assim como os valores, que variam bastante de acordo. Os exames comuns para universitários costumam estar na faixa de 200 dólares, cerca de R$ 700 na cotação atual. Para se inscrever, não é necessário comprovar ter estudado a língua. As provas avaliam as habilidades de leitura (reading), conversação (speaking), escrita e redação (writing) e compreensão auditiva (listening). No caso, todas são feitas em um mesmo dia, com o tempo específico para a realização de cada uma.

Para informações sobre os centros de aplicação do teste, acesse: https://www.cambridgeenglish.org/br/find-a-centre/find-an-ielts-centre/

Para informações sobre a nota no teste, acesse: https://takeielts.britishcouncil.org/find-out-about-results/understand-your-ielts-scores

 

  1. ESPANHOL

 

DELE (Diploma de Espanhol como Língua Estrangeira)

O DELE é o teste oficial de avaliação do grau de fluência em espanhol, emitido e reconhecido pelo Ministério da Educação, Cultura e Esporte da Espanha. O Instituto Cervantes é a instituição responsável pelos exames no Brasil, e a Universidad de Salamanca é a responsável com a elaboração, correção e classificação final do teste.

O DELE é dividido em seis níveis:

– A1: competência linguística suficiente para compreender e usar expressões cotidianas em espanhol;

– A2: o aluno fala sobre lugares que tem interesse em frequentar, conversa sobre profissões e outros diálogos básicos.

– B1: qualifica o aluno entre o básico e o intermediário;

– B2: nível intermediário avançado.

– C1: competência necessária para lidar com situações que exigem o uso avançado da língua. Este nível é o exigido pelas universidades ao aceitar alunos estrangeiros.

 

– C2: conhecimento avançado da língua espanhola.

Para mais informações, acesse: https://www.cervantes.to/brazilian/dele-preparation.html

 

  1. FRANCÊS

 

No caso do francês, temos quatro provas de proficiência oficiais:

  • DELF – Diplôme d’Etudes en Langue Française
  • DALF - Diplôme Approfondi de Langue Française
  • TCF – Test de Connaissance du Français
  • TEF – Test d’Evaluation de Français

O DELF e o DALF são diplomas de língua francesa, enquanto o TCF e do TEF são atestados. O DELF é destinado aos estudantes de nível intermediário de francês, enquanto o DALF é somente para os estudantes de nível avançado. Os diplomas não têm prazo de validade, enquanto os atestados têm validade de 2 anos (TCF) e 1 ano (TEF). Em geral, exige-se no mínimo um nível intermediário (denominado de B2). Você pode verificar com a Instituição francesa onde deseja estudar qual é o nível requerido por ela.

Os exames podem ser realizados nas Alianças Francesas em todo o Brasil. Mais informações em: http://www.bresil.campusfrance.org/node/6600

 

  1. ALEMÃO

 

Para o alemão, temos os exames do Goethe-Institut, que ficam à disposição de todos os interessados e podem ser prestados por qualquer pessoa. A classificação dos Goethe-Zertifikate se dá através dos níveis A1 ao C2, de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (QECR).

Os exames Goethe-Zertifikat C2: Großes Deutsches Sprachdiplom, Zentrale Oberstufenprüfung, Kleines Deutsches Sprachdiplom und Großes Deutsches Sprachdiplom são reconhecidos como atestados de conhecimentos de alemão que habilitam o candidato a cursar uma escola superior (universidade) na Alemanha, dispensando a realização de uma TestDaF-Prüfung, ou de outra prova de acesso ao ensino superior (DSH). Verifique qual é a exigência de nível de alemão para o curso e faculdade onde deseja estudar.

Os certificados do Goethe-Institut referentes aos Goethe-Zertifikate A1 – C2 têm validade ilimitada. No entanto, pode ser que algumas instituições exijam do candidato a emissão do certificado com menos de 2 anos.

Para mais informações: https://www.goethe.de/ins/br/pt/sta/rio/prf.html