Logo Estácio


Etapas da Candidatura

Etapa 1 – inscrição no edital de seleção interna

• Caberá ao Coordenador Institucional do Programa na Estácio FIC, a responsabilidade pela verificação de inscrição do aluno no edital interno contendo as candidaturas submetidas através do formulário de inscrição até a data limite estabelecida no cronograma da CAPES/CNPq. Serão aprovadas aquelas que estiverem dentro dos requisitos do programa e apresentados no item 3 e seus subitens.

 

Etapa 2 – Análise das inscrições e Homologação pela IES brasileira

• Após identificadas as candidaturas encaminhadas ao e-mailcienciasemfronteiras.estaciofic@estacio.br contendo as inscrições ao processo seletivo interno, caberá ao Coordenador Institucional do Programa na Estácio FIC, a responsabilidade pela análise e validação de documentos comprobatórios e pela homologação das inscrições até a data limite estabelecida no Cronograma, por meio de link específico disponível no Portal do Programa Ciência sem Fronteiras (http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/homologacao-de-inscricoes).

 

• Esta etapa consiste na avaliação dos seguintes requisitos relativos aos alunos inscritos nesta Chamada:

- Ter participado do processo de seleção interna na Estácio FIC;
- Estar regularmente matriculado em curso de nível superior;
- Ter nacionalidade brasileira;
- Ter concluído todas as disciplinas sem ter tido reprovação durante o curso, no momento do início previsto da viagem de estudos. e
- Apresentar perfil de aluno de excelência, baseado no bom desempenho acadêmico, com Coeficiente de Rendimento (CR) igual ou superior a 7,0, sem reprovações
- A inscrição junto à Estácio FIC não exime a obrigatoriedade do aluno inscrever-se na Chamada, através de seu site próprio, conforme item 4.2.

 

• Caberá, ainda, ao Coordenador Institucional do Programa validar, quando houver, a documentação apresentada sobre:

- Prêmios Jovem Cientista, Iniciação Científica e Olimpíadas da Matemática e/ou de Ciências do candidato; e b) participação em programa de iniciação científica, tecnológica ou docência.

- O candidato que não apresentar os requisitos comprovados através dos documentos anexados na inscrição do Programa Ciência sem Fronteiras, em seu site específico, terá a sua candidatura indeferida.

 

• O candidato que não tiver a etapa de homologação concluída pela IES até as 23 horas e 59 minutos da data limite estabelecida no Cronograma, observado o horário oficial de Brasília/DF, terá sua inscrição indeferida pelo programa.

 

Etapa 3 – Seleção e Classificação dos Candidatos

• A seleção das candidaturas homologadas será realizada pela CAPES e pelo CNPq, de acordo com a Portaria Interministerial nº1, de 09 de janeiro de 2013, e os critérios abaixo:

- Atendimento às disposições estabelecidas nas normas de bolsa de graduação sanduíche e ao cumprimento dos demais itens desta Chamada;

- Adequação do curso de graduação às áreas e temas contemplados, constantes no item 2; e c) ter participado da seleção interna da sua IES.

 

• A classificação das candidaturas selecionadas será realizada pela CAPES e pelo CNPq, segundo a disponibilidade de vagas oferecidas pelas instituições de ensino superior de cada país. Será feita por intermédio de avaliação comparativa, tendo como parâmetro a nota no ENEM, em exames realizados a partir de 2009, segundo informação prestada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP.

 

• Em caso de empate na nota do ENEM, os critérios a seguir serão considerados pela CAPES e pelo CNPq para desempate, nesta ordem: a) Nota obtida pelo candidato no exame de proficiência no idioma do curso pretendido; b) Percentual de integralização da grade curricular do curso pelo candidato, respeitado o limite mínimo (20%) e máximo (90%) estabelecido no Programa Ciência sem Fronteiras; c) Ter participação em programas de iniciação científica, tecnológica ou docência. e d) Ter sido contemplado com prêmio acadêmico e de mérito,: Prêmios Jovem Cientista, Iniciação Científica e Olimpíadas da Matemática e/ou de Ciências e ainda demais premiações de mérito acadêmico. Todos os comprovante de premiação deverão ser anexados pelo candidato no formulário de inscrição e serão considerados para fins de classificação quando obtiverem a validação pelo Coordenador Institucional da IES na etapa de homologação.

 

Etapa 4- Colocação dos Candidatos pelos parceiros em cada país

• O candidato homologado pela IES e pré-selecionado pela CAPES ou CNPq ou pelo parceiro do respectivo país, deverá acessar, obrigatoriamente, o sítio eletrônico do parceiro para inscrição nas universidades, de acordo com o que está determinado na respectiva chamada. O não cumprimento dessa exigência acarretará o indeferimento da candidatura

 

Etapa 5 –– Aprovação dos Candidatos

• Todas as inscrições serão submetidas à apreciação da Diretoria Executiva da CAPES e do CNPq que são os responsáveis pela decisão final sobre sua aprovação e respectiva divulgação no site do CsF de acordo com as diretrizes do Programa.