Logo Estácio


CPA

O que é CPA?

A CPA – Comissão Própria de Avaliação


Nossas funções:
1. Conduzir, coordenar e articular o processo interno de AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL da
Estácio BH.

2. Analisar os resultados das avaliações

3. Propor as ações de melhoria; acompanhar a implantação.

 

Por que é preciso fazer a Avaliação Institucional?

AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL


É a nossa principal ferramenta de feed back sobre as fragilidades da Estácio.
Com base nos dados da AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL a CPA e a GESTÃO DA ESTÁCIO elaboram o plano de ação anual para melhorias nos campus Prado, Floresta e Venda Nova.

Você nos mostra onde devemos trabalhar para crescer.

Membros da CPA
A Comissão Própria de Avaliação está constituída, atualmente, pelos seguintes representantes dos
segmentos da Instituição:
 Coordenação: Renata Silva Garboci Beloni Rosa (docente)
 Representante(s) do Corpo Docente: Paula Cristina de Almeida Rodrigues, Sílvio Rodrigues de Souza e Aline Ângela da Silva Cruz.
 Representante(s) do Corpo Técnico-administrativo: Brena Figueiroa Teixeira, Shirley Soares de Matos Ricoy, Fabiana Moreira.
 Representante(s) do Corpo Discente: Jacqueline Márcia dos Santos e Nied Pereira Ferreira Rocha
 Representante(s) da Sociedade Civil: vago


ACOMPANHE NOSSO TRABALHO NO MURAL DA CPA NO SEU CAMPUS
Como acessar?
cpa.bh@estacio.br

 

1.1 Comissão Própria de Avaliação – CPA

O processo de auto avaliação conta com a participação de uma comissão designada para planejar, organizar, refletir e cuidar dos interesses de toda a comunidade pelo processo; com a participação e envolvimento de toda a comunidade acadêmica interna e externa com o apoio da mantenedora da IES e com o apoio da alta gestão do Centro Universitário Estácio de Belo Horizonte com a disponibilização de informações e dados confiáveis – A Comissão Própria de Avaliação – CPA.

A Comissão Própria de Avaliação está constituída, atualmente, pelos seguintes representantes dos segmentos da Instituição:


I. Coordenação: Renata Silva Garboci Beloni Rosa (docente)
II. Representante(s) do Corpo Docente: Paula Cristina de Almeida Rodrigues, Sílvio Rodrigues de Souza,
Celso Vieira de Lima (atualmente vago) e Aline Ângela da Silva Cruz.
III. Representante(s) do Corpo Técnico-administrativo: Brena Figueiroa Teixeira, Thaís Furlanetto
(atualmente vago), Shirley Soares de Matos Ricoy, Fabiana Moreira.
IV. Representante(s) do Corpo Discente: Jacqueline Márcia dos Santos e Nied Pereira Ferreira Rocha
V. Representante(s) da Sociedade Civil: vago


Essa composição possibilita que as visões e percepções dos diferentes segmentos representados na Comissão sejam contempladas no diagnóstico e análise das práticas da IES.

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é responsável pelo desenvolvimento de todas as ações previstas no processo auto avaliativo. A CPA tem como objetivos: planejar, organizar, sensibilizar a comunidade acadêmica quanto à importância da participação de todos no processo e fornecer assessoramento aos diferentes setores da Instituição.


Compete à CPA da IES:

I. Elaborar e implementar o Projeto de Avaliação Interna da IES, considerando as metas definidas no PDI e PPI;
II. Conduzir, coordenar e articular o processo interno de avaliação da Instituição (auto avaliação);
III. Sistematizar e disponibilizar as informações por ele geradas, bem como prestar as informações solicitadas pelo INEP, com base no art. 11 da Lei 10861/2004;
IV. Constituir subcomissões de avaliação;
V. Elaborar e analisar relatórios e pareceres e encaminhar às instâncias competentes;
VI. Desenvolver estudos e análises visando ao fornecimento de subsídios para fixação, aperfeiçoamento e modificação da política de avaliação institucional;
VII. Propor projetos, programas e ações que proporcionem a melhoria do processo avaliativo institucional;
VIII. Sistematizar e prestar informações relativas ao AVALIES (Avaliação das Instituições de Educação Superior) solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), no âmbito do SINAES;
IX. Participar de reuniões com os avaliadores externos quando da avaliação de cursos, seja para autorização, reconhecimento ou renovação de reconhecimento e recredenciamento da Instituição, disponibilizando informações resultantes do processo de avaliação interna da IES.
X. Divulgar os resultados obtidos nas Avaliações Internas e Externas, incluindo o ENADE, das potencialidades e fragilidades apontadas, para que ações sejam fomentadas com vistas à regularização dos procedimentos para atender às demandas oriundas da avaliação.

Desta forma, atendendo às diretrizes do SINAES – Sistema de Avaliação do Ensino Superior – e atenta à dinâmica interna da Instituição, a Comissão Própria de Avaliação - CPA, ao longo do processo avaliativo, reflete sobre novos objetivos e se mantem vigilante no acompanhamento das demandas e metas a serem alcançadas, definidas nas ações de melhoria propostas.

A auto avaliação acadêmica da IES ocorre semestralmente por meio de:

- Aplicação de questionários eletrônicos disponibilizados no Sistema de Informações Acadêmicas – SIA, que avaliam as dimensões que dizem respeito à IES, ao curso e às disciplinas. Os questionários são respondidos
pelos Alunos, Docentes e Coordenadores.
- Pesquisa do Corpo Técnico-Administrativo: a Pesquisa voltada para o Corpo Técnico-administrativo está constituída por duas partes: (1) Autoavaliação e (2) Avaliação da IES/Campus em que atua, nos seguintes aspectos: (a) conhecimento a respeito dos documentos oficiais da IES; (b) resultados dos processos de avaliação e sua aplicação na gestão da IES; (c) condições institucionais para capacitação e aprimoramento
profissional; e (d) infraestrutura da IES para o funcionamento dos cursos.
- Coleta de dados qualitativos, por meio de reuniões com os setores (Gestão, Acadêmico, Financeiro, Biblioteca, Secretaria etc.), o que ocorre no transcurso do ano letivo, e que busca informações sobre as ações desenvolvidas, a fim de confrontá-las com o que está previsto no PDI.
- Levantamento do Índice de Satisfação do Aluno (ISA) com relação aos professores e à IES, através do processo de Avaliação Interna (o cálculo do ISA é constituído pela média simples dos dois eixos: média obtida pelos professores da IES (MP) e média obtida pela instituição/campus (MC). Portanto, ISA = (MP+ MC) / 2.
- Pesquisa de Clima Organizacional - levantamento do grau de satisfação e motivação do corpo social da IES. Com o resultado dessa Pesquisa, é possível traçar ações de desenvolvimento, tanto para a IES quanto para os funcionários. Os benefícios que podem ser obtidos são: aumento da produtividade; redução da rotatividade e melhoria no ambiente de trabalho. Os pontos avaliados nessa Pesquisa são: Treinamento e Desenvolvimento, Comunicação, Recursos, Cultura e Valores, Reconhecimento e Incentivos, Liderança, Suporte e Engajamento. Para ilustrar os resultados dessa Pesquisa, são apresentados os índices de favorabilidade das dimensões avaliadas e as dez questões mais favoráveis e menos favoráveis com seus respectivos índices.


A CPA atua como articuladora desse processo, planejando e organizando as atividades de avaliação, de acordo com as diretrizes do SINAES, tornando o sistema de auto avaliação um instrumento aceito e internalizado pela comunidade e uma fonte de informações capaz de levar a IES a refletir sobre si mesma.

Os resultados das pesquisas são sistematizados num Relatório de Auto avaliação que conterá, além dos resultados descritivos, análises críticas das 10 dimensões positivadas no art. 3º da Lei 10.861/2004, em consonância com o que prescreve o PDI da IES, sugestões de melhoria, com o intuito de que as mesmas possam contribuir para o realinhamento do Plano de Desenvolvimento Institucional. Na verdade, esse relatório anual construído pela CPA traçará um desenho de qualidade de ensino ministrado pela IES.

 

1.2 Participação da comunidade acadêmica

O processo de avaliação institucional da IES conta com o compromisso e apoio dos órgãos executivos da IES e a participação, na Comissão Própria de Avaliação, de sua comunidade acadêmica, técnico-administrativa e representantes da comunidade externa, objetivando a sua efetiva implementação. Essa participação ocorre em  todas as etapas do processo avaliativo, ou seja, desde seu planejamento, sensibilização e operacionalização, até o conhecimento dos resultados e melhorias.

A CPA atua como articuladora desse processo, planejando e organizando as atividades de avaliação de acordo com as diretrizes do SINAES, visando tornar o sistema de auto avaliação um instrumento aceito e internalizado pela comunidade e uma fonte de informações capaz de levar a Instituição a refletir sobre si mesma. A divulgação das informações, o compartilhamento de experiências e a prestação de contas constituem, na verdade,
as formas de legitimar a participação da comunidade acadêmica sendo, por isso, consideradas pela IES como princípio prioritário nos processos de avaliação.

A implantação do processo de auto avaliação na IES ocorre simultaneamente ao desenvolvimento do PDI, ao desenvolvimento dos PPCs, ao Programa de Avaliação Institucional e à realidade dos cursos, constatadas pelas informações provenientes da Avaliação Externa.

 

1.3 Formas de divulgação dos resultados à comunidade acadêmica

Com os dados tabulados e analisados estatisticamente, os representantes da CPA convocam reuniões individuais, em formato de grupos focais, de forma que as respostas produzidas pelos instrumentos de investigação possam ser apreciadas, analisadas e rediscutidas com cada participante do processo. A comunidade acadêmica toma conhecimento dos resultados por meio de relatórios produzidos e postados nos principais murais da IES.

Adicionalmente, a CPA disponibiliza uma cópia do Relatório Anual de Auto avaliação Institucional aos gestores, bem como na Biblioteca e na Sala dos Professores e ainda o resumo do Documento, no site da IES, em atendimento à Portaria 40. Também, as informações são apresentadas nas reuniões para coordenadores, docentes, colaboradores e líderes de turmas.

 

1.4 Análise e utilização dos Resultados

Como fase importante e inerente ao processo de melhoria, a CPA da IES realiza a análise dos dados da auto avaliação institucional. Essa análise é estratificada nas perspectivas institucionais, por curso, bem como na percepção do docente e discente. Ao finalizar os relatórios originados dos instrumentos aplicados internamente (questionários eletrônicos, ISA e da Pesquisa de Clima Organizacional) e dos relatórios de avaliações externas, a CPA apresenta aos gestores os resultados consolidados, propõe ações de melhoria e participa diretamente do (re)planejamento das ações a serem realizadas. O resultado das avaliações (internas, externas e ENADE) subsidiam as ações e as tomadas de decisão dos gestores. A apresentação dos dados permite indicar ações de melhoria, como a capacitação docente, propostas de aprimoramento dos PPCs e oportunidades/necessidades de melhoria de
serviços e infraestrutura. Quando as informações são divulgadas para os Coordenadores de Cursos e para os gestores, é feita uma reflexão com docentes (pelos coordenadores) e com os colaboradores (pelos gestores) sobre a realidade encontrada e definem-se estratégias para minimizar as fragilidades apontadas e maximizar as potencialidades.

A CPA elabora pareceres relacionados às dez dimensões do SINAES avaliadas e recomendações sobre a necessidade de melhorias para todos os setores da IES, a partir do levantamento das fragilidades e das forças institucionais. As oportunidades para melhorias e os pontos fortes identificados no processo de avaliação contribuem para a definição das estratégias da IES (diagnóstico interno). Os resultados avaliativos contribuem para
a avaliação do desempenho das estratégias e iniciativas implantadas no ciclo anterior, direcionando a revisão estratégica ou a manutenção das estratégias desenvolvidas. Em função da avaliação, novas estratégias e iniciativas podem ser definidas para superar as fragilidades identificadas no processo de auto avaliação. A CPA, a cada ciclo de auto avaliação, elabora documentação com informações relacionadas a esse processo (resultados das pesquisas, ENADE, pontos fortes e fracos e evolução dos indicadores institucionais) e os apresenta à comunidade acadêmica. Os Coordenadores, com respectivos docentes e discentes, reavaliam e redefinem junto com os Gestores da IES, as estratégias e planos de ação dos cursos e da IES. A CPA acompanha os trabalhos dos Cursos e da IES como um
todo para verificar a implantação das melhorias sugeridas e dos planos de ação, no sentido de efetivar e garantir os compromissos da Instituição para com a sociedade.

Assim, todos os resultados avaliativos (internos e externos, incluindo o ENADE) são ferramentas gerenciais para a evolução da IES e para o planejamento das ações de melhoria necessárias.

 

1.5 Elaboração do Relatório de auto avaliação

O Relatório auto avaliação Institucional da IES, elaborado pela CPA e postado anualmente no sistema eMEC, tem como objetivo apresentar os resultados da auto avaliação Institucional realizada, com base nas avaliações internas e externas.

O processo de auto avaliação tem como objetivo identificar as fragilidades e pontos fortes relacionados às práticas e ao desempenho da IES. Esse diagnóstico é importante instrumento para a tomada de decisões da IES e deve estar retratado no referido Relatório.

O Relatório é referência para a configuração e acompanhamento do PDI da Instituição. A auto avaliação da IES está consolidada no Relatório de auto avaliação Institucional, que tem por finalidades fomentar a cultura de avaliação institucional e subsidiar os processos de avaliação externa.

Esse Relatório é elaborado pela CPA a partir de um processo de reflexão sobre os dados coletados nas pesquisas junto à comunidade acadêmica, os resultados das avaliações externas e os documentos oficiais da IES.

No caso dos questionários respondidos nas pesquisas internas, avalia-se a pertinência das respostas, já que essas pesquisas representam a “percepção” da comunidade acadêmica sobre a realidade da IES. Para tanto, os resultados das pesquisas são confrontados pela CPA com informações dos documentos da IES (PDI, PPI etc.) e relatórios emitidos pelo MEC (ENADE e Avaliações Externas.). Assim, assegura-se que as informações obtidas reflitam a
realidade da IES.

Em atendimento à Portaria 40, um resumo desse Relatório, com as principais informações e resultados do processo de auto avaliação da IES é disponibilizado no site da IES (link da CPA). Uma cópia na íntegra do Relatório também é encaminhada pela CPA à Diretoria Acadêmica, à Sala dos Professores e à Biblioteca, de forma a assegurar o acesso aos resultados da auto avaliação por todas as partes interessadas na avaliação institucional da IES. Também, as informações são apresentadas nas reuniões para coordenadores, docentes e colaboradores.

 

Perto do Campus

 
  -19.922211,-43.960055,17

Prado

Rua Erê, 207,,

PRESENCIAL