Logo Estácio


PPI

 

Projeto Pedagógico Institucional - PPI

O Projeto Pedagógico Institucional - PPI da Faculdade Estácio de São Luís, documento de orientação acadêmica, apresenta, entre outros, o histórico da Instituição; seus mecanismos de inserção regional; sua missão; âmbitos de atuação; princípios filosóficos gerais; as políticas de gestão, de Ensino, de Educação investigativa, de Extensão; perfil humano, perfil profissional; concepções de processos de ensino e de aprendizagem, de currículo, de avaliação de ensino e de planejamento e os diversos programas.

 

No PPI, a construção do conhecimento e o exercício da prática tecno-científica devem ser articulados os valores humanísticos, de forma que sua dinâmica e realização se configurem a partir do entendimento de que a ciência e a técnica não se apresentam apenas como meio ou dispositivo, mas, principalmente, como modo de inserção na realidade, de ação e interação do homem com o mundo.

 

Justificativa

 O Projeto Pedagógico Institucional – PPI da IES se constitui em um instrumento político, filosófico, de planejamento e teórico-metodológico que evidencia as políticas acadêmicas, de Ensino, Pesquisa e Extensão, considerando a perspectiva histórica, inserção regional, vocação, missão, visão e objetivos gerais e específicos da Instituição. O PPI procura refletir os pressupostos fundamentais e as diretrizes gerais que norteiam a atuação da IES, considerando o seu planejamento institucional. Este PPI tem caráter propositivo, apresentando concepções e princípios em consonância com a legislação do ensino superior vigente e com as diretrizes que caracterizam o referencial para a elaboração dos projetos pedagógicos e para o planejamento das ações educacionais pertinentes. Na elaboração desta proposta institucional, levou-se também em consideração a concepção e as finalidades da educação para a educação superior, sua relação com a sociedade, bem como uma reflexão sobre o tipo de cidadão que a IES pretende formar e de mundo que deseja construir.

Entende-se que o PPI é processual, incremental e desenvolvido com a integração de todos os elementos constitutivos da comunidade acadêmica, dirigentes, professores, alunos e pessoal técnico-administrativo, realimentada ao longo do tempo. Considerando sua característica sistêmica, este processo estará em contínua elaboração, avaliação e reconstrução. O Documento está embasado nas Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Graduação, no Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior - SINAES, enfim, em todos os documentos da Legislação Educacional Brasileira vigente. Seu objetivo principal é contribuir para a promoção de um elevado padrão de ensino, a partir das definições pedagógicas e institucionais básicas que direcionam os esforços desenvolvidos na gestão acadêmica do ensino na Instituição.

O PPI busca explicitar o pensar reflexivo sobre a práxis educacional, por meio de relações que se estabeleçam em ambiente democrático, no qual as categorias que constituem o meio educacional possam ser ouvidas, percebidas e consideradas na construção de um padrão de qualidade de ensino desejado. Identifica-se como um instrumento de ação político-pedagógica e de identidade institucional, expressando o pensamento acadêmico, pedagógico, político e institucional que sustentará a visão de futuro da Instituição, considerando sua função social articulada em termos de Ensino, Pesquisa e Extensão. O Projeto Pedagógico Institucional enfatiza em sua proposta a formação humanista de seus alunos. Trabalhar dentro desta visão implica desenvolver a capacidade de compreensão dos fenômenos sociais, sabendo que eles não se resumem a uma simples perspectiva. As dimensões econômica, social e política são indispensáveis nesse processo de percepção dos problemas enfrentados pelo cidadão brasileiro em seu cotidiano. 

As prioridades estabelecidas nos planejamentos anuais, os critérios de seleção de professores, os parâmetros de definição de ementas das disciplinas, os investimentos em Educação Investigativa e Extensão e as práticas pedagógicas adotadas pelos professores são exemplos de questões diretamente afetadas pelo Projeto. A Instituição acredita que um Projeto Pedagógico bem fundamentado contribui decisivamente para o alinhamento sistêmico de definições como essas, evitando-se a dispersão de esforços.

Assim, o presente Projeto Pedagógico Institucional traduz a filosofia organizacional e educacional da Instituição, bem como suas diretrizes e as estratégias de seu desenvolvimento e atuação a curto, médio e longo prazos, constituindo-se em instrumento balizador da gestão, expressando a prática pedagógica de seus cursos e norteando as suas atividades educacionais. Ao mesmo tempo, o PPI da IES concretiza a condição de autonomia pedagógica institucional na sua competência para fixar os projetos e currículos dos seus cursos e programas, estabelecer os conteúdos programáticos de suas atividades, definir planos, programas e projetos de Iniciação Científica, produção artística e/ou cultural, atividades de Extensão e de Responsabilidade Social.

Mediante o compromisso assumido no estabelecimento de sua missão institucional e a observância aos aspectos que motivam a discussão do PDI, a IES constrói o seu Projeto Pedagógico Institucional para integrar-se ao atual cenário de mudanças e estabelecer princípios norteadores para as atividades de Ensino, Educação Investigativa e Extensão, bem como para a sua articulação e inserção social. O estabelecimento de um documento com a abrangência aqui encontrada facilita a coesão dos esforços que serão empreendidos na gestão dos cursos da Instituição.

 

Marcos Doutrinal e Político

O marco doutrinal serve de referência para a construção de um ideário que norteará o caminho trilhado pela IES e o que se pretende em relação ao ideal de ser humano, sociedade e educação, com base em princípios éticos. O modelo proposto visa contemplar e conviver com a integração do conceito de ser humano, segundo uma perspectiva democrática, em um mundo sujeito a constantes mudanças, que requer um profissional cada vez melhor preparado para enfrentar as incertezas e a dinamicidade impostas pela atual sociedade.

 

Princípios Pedagógicos

A Instituição propicia aos acadêmicos a compreensão do conhecimento, o desenvolvimento intelectual e a formação integral para que se tornem profissionais aptos à participação atuante nos contextos social, político, cultural, científico e econômico, com base em valores humanísticos e com perspectivas regional, nacional e internacional.

 

Referenciais Orientadores

A Faculdade Estácio de São Luís direciona seus objetivos pedagógicos para a organização curricular, com base nos seguintes referenciais adotados, como orientadores para os PPCs:

 

A) REFERENCIAL ÉTICO-POLÍTICO:

(I) Respeito ao indivíduo, ao direito de exercer sua cidadania enquanto membro da IES e parte da comunidade; (II) Convivência na diversidade, respeitando as diferenças sociais e culturais e de pensamento; (III) Busca constante da qualificação institucional, inovando permanentemente por meio de recursos, programas e ações; (IV) Compromisso com a missão e objetivos dos interesses particulares de grupos e com a sociedade envolvente; (V) Fundamentar suas ações na ética social e humana, aplicadas a cada profissão e a todas as áreas de atuação humana; (VI) Enfatizar o serviço de Extensão à comunidade, especialmente nas atividades que objetivem a eliminação da pobreza, violência, analfabetismo, fome e enfermidades; (VII) Melhorar as relações com o mundo do trabalho que inclua parcerias efetivas com os agentes sociais envolvidos com a educação superior, a partir de uma harmonização da ação e da procura de soluções para os problemas do homem em sociedade, sempre dentro de um marco de autonomia responsável e de liberdade acadêmica; (VIII) Ser um local de aprendizagem da democracia, da formação dos cidadãos e do desenvolvimento individual; (IX) Buscar permanentemente inovação, atualização tecnológica e a harmonização dos cursos; (X) Promover o ensino superior com base na autonomia e independência do pensamento, na busca da verdade e do rigor científico, que responda às necessidades econômicas, culturais e sociais do ambiente e, portanto, do desenvolvimento humano sustentável; (XI) Pautar-se pela qualidade de seus programas acadêmicos; (XII) Preparar cidadãos capazes de construir uma sociedade justa e aberta, fundamentada na solidariedade, no respeito dos direitos humanos e na utilização compartilhada do saber e da informação; (XIII) Almejar que qualquer pessoa possa participar do ensino superior em diferentes épocas da vida; (XIV) Permear valores culturais em todos os currículos do ensino superior; especialmente no que se refere às considerações éticas; e (XV) Rever permanentemente e manter atualizados seus programas de ensino, prevendo mecanismos flexíveis que permitam antecipar os sinais de mudança do mundo do trabalho e das realidades regional e nacional.

 

B) REFERENCIAL EPISTEMOLÓGICO-EDUCACIONAL:

(I) O papel do professor no processo: atuar como mediador da aprendizagem, estimulando a cooperação e apropriação do conhecimento, pelo aluno, de forma desafiadora e autônoma; (II) O papel do aluno no processo: estudar, pesquisar, e questionar verdades estabelecidas, bem como apreender os conhecimentos com independência intelectual, desenvolvendo a capacidade de autorregular seu processo de aprendizagem; (III) Perfil profissional: a educação e a sociedade requerem um profissional que seja capaz de articular os conhecimentos científicos com as necessidades e demandas da sociedade e da profissão, respondendo com competência às novas situações surgidas na realidade; (IV) Relação professor-aluno: deve estar pautada na compreensão mútua e na proposição de constantes desafios. Esta relação ocorre em diferentes aspectos interrelacionados, quais sejam: na relação teórico-prática de ação/reflexão/ação; na construção de novos conhecimentos; na troca de valores éticos e morais; na postura do professor que deve ser referência ao acadêmico, no processo avaliativo e no relacionamento externo com a comunidade e em eventos promovidos.

 

C) CONCEPÇÃO TEÓRICA PARA CADA CURSO:

Os cursos da IES possuem concepções definidas, a partir dos princípios e diretrizes da Instituição, das Diretrizes Curriculares específicas a cada curso e das discussões coletivas entre o Corpo Docente, Coordenações de Curso e NDES.  As competências e habilidades a serem alcançadas estão relacionadas ao perfil do profissional que se quer formar: competente, exercendo a cidadania, consciente de suas responsabilidades perante a sociedade, comprometidos com o desenvolvimento regional, nacional e internacional.

 

Princípios Filosóficos

São quatro os princípios filosóficos que norteiam o compromisso da Faculdade Estácio de São Luís:

  • Igualdade,
  • Qualidade,
  • Gestão Participativa e
  • Humanismo.

 

 A partir desses valores, a IES busca desempenhar importante papel perante a sociedade local, regional e nacional, assumindo o compromisso de formar pessoas que possam contribuir para o desenvolvimento da sociedade, através da elaboração de modelos de referência quanto ao processo de desenvolvimento e implantação curricular.

 As propostas didático-pedagógicas adequam-se à realidade e às demandas da comunidade externa e acadêmica, o que define a permanente necessidade de atualização dos projetos educacionais da IES. Essas propostas estão em consonância com o seu Projeto Institucional e com as Diretrizes Curriculares Nacionais de cada curso, levando em consideração as necessidades apontadas nos resultados das avaliações realizadas interna e externamente. No desenvolvimento dos projetos pedagógicos, é priorizada a preparação dos egressos para a inserção no mercado de trabalho, sem o prejuízo para a continuidade da formação acadêmica.

 

Princípios Metodológicos

Os PPCs dos Cursos da Instituição zelam pelos seguintes princípios metodológicos:

Pluralismo teórico-metodológico;

Relação teórico-prática;

Interdisciplinaridade;

Flexibilidade das atividades do ensino;

Indissociabilidade entre ensino, pesquisa/educação investigativa e extensão; e

Transversalidade.

O Projeto Pedagógico Institucional (PPI), na íntegra, encontra-se disponível na Instituição.

 

Perto do Campus

 
  -2.532528,-44.290602,17

São Luís

Rua Grande / Oswaldo Cruz, 1455,,

PRESENCIAL