Logo Estácio


CPA - Avaliação Institucional

Apresentação

Relatório Integrado de Autoavaliação Institucional apresenta os resultados alcançados por todas as áreas e subáreas de estudo inseridas nas dez dimensões definidas pelo SINAES; e, visa apresentar de forma consolidada as ações desenvolvidas por cada segmento. As diretrizes e objetivos do SINAES – Sistema de Avaliação do Ensino Superior – quanto à dinâmica interna da IES, a Comissão Própria de Avaliação – CPA incorpora nosso processo avaliativo; e os métodos da autoavaliação contêm em sua prática a definição de metas, de objetivos e a apresentação de estratégias baseadas em evidências.

 

A CPA conduz os trabalhos organizando reuniões periódicas dos colegiados para aprimorar continuamente os processos em desenvolvimento. Reconhecendo que o Relatório está sob a égide da nova legislação, o que representou um importante movimento de envolvimento geral de todos os segmentos da Faculdade no processo, tendo evidenciado a necessidade de se aprimorar a própria capacidade do grupo de se autoavaliar, destacando não só as fragilidades, mas as potencialidades das ações envolvidas. Neste sentido, o Projeto de Autoavaliação Institucional elaborado para 2011, construído de forma colaborativa e questionadora, pretendeu consubstanciar melhor as ações; acompanhar procedimentos de forma comparativa e aprofundar as discussões sobre os resultados das avaliações para subsidiar as tomadas de decisão. A Faculdade construiu o Aditivo do Plano de Desenvolvimento Institucional - PDI 2007-2011; e, sua construção, assim como o Projeto Pedagógico Institucional - PPI, foi reabastecida pelos resultados da autoavaliação de todos os projetos e programas para, através da dinâmica do processo, conseguir externar o perfil institucional e um planejamento estratégico adequado.

 

O Relatório expressa, ainda, a necessidade de atender ao Ofício 000913 INEP/DAES de 15 de abril de 2008, tendo os líderes de grupos das diferentes áreas e subáreas realizado uma imersão no processo de autoavaliação, em periodicidade diversa da estabelecida no cronograma do Projeto de Autoavaliação que prevê este movimento ao final de cada ano letivo. Sobre estas se debruça a CPA, frente à necessidade de ampliar o escopo de seu Projeto de Avaliação Interna visando atender mais pontualmente a diversidade contida nos projetos pedagógicos dos cursos; a implantação das aulas telepresenciais; o aprimoramento da avaliação dos professores pelos coordenadores; a institucionalização de avaliações gerenciais de professores, coordenadores de curso.